Como cuidar dos cães no inverno?

Cães Educados Comportamento e Educação de Cães

Como cuidar dos cães no inverno?

Olá!

O inverno é
uma estação que exige cuidados especiais com os doguinhos. Seguem dicas!

Orelhas geladas!

Essa é uma
das formas de perceber que seu cão está com frio. Quando as pontas das
orelhinhas deles estiverem geladinhas, esquente-o!

Abrigo – Mantenha
um abrigo adequado e protegido do frio e da chuva (para quintal ou dentro de
casa). Casinha para cães ou caixas de transportes são ideais, para ele poder se
entocar e se esquentar. Mas caminhas fofinhas também podem ser usadas, se ele
for ficar dentro de casa, em um cantinho bem quentinho.

Roupas –
Compre roupinhas de tecidos diferentes, para testar com quais seu cão se adapta
melhor, e também para testar se ele terá ou não alergia ao tecido

Adestramento
– Acostume seu dog a usar roupas desde pequeno, pois além do inverno, podem ser
necessárias em alguma cirurgia

Aparelhos – Evite
aquecedores e ar condicionado, pois ressecam o ambiente. Se precisar ligar o
aquecedor, use com um umidificador de ar ao mesmo tempo. Umidificadores de ar,
toalhas molhadas ou bacias com água espalhadas pelo ambiente ajudam a mantê-lo
mais úmido e agradável.

Se for necessário
realizar nebulização com soro fisiológico, consultar o veterinário sobre a
quantidade e o período do procedimento.

Casa limpa –
Passe pano molhado no chão de casa com frequência, e limpe os móveis, para
evitar o acúmulo de pó.

Raças – Cães
de pelo curto sentem mais frio, portanto, precisam de mais cuidados como
agasalhos e cobertores.

Personalidade
– Assim como nós, há cães mais calorentos e outros mais friorentos. Com a
convivência, você conhecerá as preferências de seu cão.

Tosa – Não tose
os pelos do corpo do cão no inverno, mantenha somente a tosa higiênica em dia (patas,
orelhas, focinho e abdômem).

Cães dentro
de veículos – Não o deixe sozinho dentro do carro, pois o ambiente logo vira
uma geladeira e ele pode passar muito frio.

– Promova
atividades dentro de casa para seu pet (brincadeiras, adestramento, brinquedos
novos). Disponibilizo bastante conteúdo sobre isso no meu canal do Youtube
Flávia Campos Flac! Segue o link:

– Troque a
água dele sempre, mesmo no frio seu cão não vai querer água sempre fresquinha

– Diminua a
frequência dos banhos, e novamente seque bem o animal. Se possível, leve-o em
pet shops que possuem a máquina de secagem, onde o cãozinho fica dentro. A
secagem dentro dessas máquinas é mais completa e mais confortável para os
doguinhos

– Não é
necessário reforço na alimentação do seu cão no inverno, pois a obesidade pode
causar vários problemas de saúde nele. E na verdade, alguns animais que ficam
mais quietinhos no inverno, podem até comer menos, pois há menos gasto energético
nessa época do ano. Animais que estão na natureza, expostos ao tempo, devem
comer mais. Não é o caso do seu peludo que possui roupas, cobertores e caminhas
quentinhas e confortáveis

– Mantenha
as vacinas e visitas ao veterinário em dia. Há doenças comuns do inverno, como
a tosse dos canis, que devem ser tratadas rapidamente para não evoluírem para
uma pneumonia, por exemplo. Se o focinho estiver quente e seco, fique atento,
pois pode ser sinal de gripe

– Animais
idosos, que sofrem de problemas articulares como artrose, artrite ou hérnia de
disco, necessitam de suplemento para as cartilagens nessa época do ano.
Consulte o veterinário.

Passeios!

Não deixe de passear
com o seu doguinho no inverno! Seguem dicas importantes para tornar o passeio o
mais agradável possível para ele:

– Use capas
de chuva caninas ou guarda chuvas para cães para passear

– Leve água
para ele em passeios mais longos

– Não o
deixe molhado. Ao chegar em casa seque bem com secador, sempre morno e um pouco
afastado da pele dele

– Em locais
que nevam, use botinhas para cães, pois os cães mais sensíveis podem ter seus
coxins (almofadinhas das patas) queimados

Pronto para
curtir o inverno com seu doguinho? Compartilhe essas dicas valiosas com seus
amigos cachorreiros!

Gratidão!

Bjs caninos

Flávia
Campos

Nenhum comentário

Adicione seu comentário